quarta-feira, 7 de julho de 2010

DGS alerta para efeitos na saúde das temperaturas elevadas

O distrito de Braga é hoje o único sob aviso laranja devido à persistência de valores elevados de temperatura, segundo o Instituto de Meteorologia (IM), que colocou ainda 16 distritos sob aviso amarelo.
Para Braga, o IM prevê uma temperatura máxima de 37 graus Celsius. O aviso laranja, o segundo mais grave numa escala de quatro, diz respeito a uma "situação meteorológica de risco moderado a elevado" e estará em vigor naquele distrito do norte de Portugal até às 20:00 de quarta-feira.

No mapa do IM, Viana do Castelo e os arquipélagos dos Açores e da Madeira não apresentam qualquer aviso.

As temperaturas elevadas que se têm feito sentir motivam também o nível de alerta amarelo da Direcção Geral da Saúde (DGS), para o risco dos efeitos do calor sobre a saúde, em 16 distritos.

Viana do Castelo, onde o IM prevê uma temperatura máxima para hoje de 29º, é também a excepção no mapa de alertas da DGS, em conjunto com o distrito do Porto, estando os restantes distritos de Portugal Continental em alerta amarelo.
O alerta amarelo é o segundo numa escala de três da DGS e reporta-se aos efeitos do calor na saúde das populações, sendo activado sempre que as temperaturas se mantêm elevadas ao longo de vários dias.

A DGS salienta que a exposição continuada a temperaturas elevadas pode provocar desidratação e agravamento de doenças crónicas, sendo especialmente vulneráveis as crianças nos primeiros anos de vida, idosos, doentes crónicos, pessoas medicadas com anti-hipertensores, antiarrítmicos, diuréticos, antidepressivos e neurolépticos.

Estão também mais sujeitos aos efeitos do calor na saúde as pessoas que trabalham expostas ao Sol ou ao calor e quem possui más condições de habitação.

Para prevenir danos das altas temperaturas, a DGS recomenda o aumento da ingestão de água e sumos de fruta natural sem açúcar, evitar bebidas alcoólicas, procurar manter-se em ambientes frescos nos momentos de maior calor e utilizar roupa larga, chapéu e óculos com protecção contra a radiação UVA e UVB.

Para hoje, espera-se a continuação do tempo quente, com o IM a prever céu pouco nublado ou limpo, mas temporariamente muito nublado nas regiões centro e sul, com condições favoráveis a aguaceiros e trovoadas a partir da tarde.

As temperaturas vão atingir os 39º em Évora, 38º em Castelo Branco e Beja, 37º em Lisboa, 33º em Faro, 32º no Porto e 24º no Funchal e em Ponta Delgada.

O IM alerta ainda para os riscos de exposição à radiação ultravioleta do sol, que pode conduzir a problemas agudos e crónicos para a saúde, nomeadamente ao nível da pele (cancro), olhos (cataratas) e sistema imunitário.

Em risco muito alto, o segundo mais grave numa escala de cinco níveis, estão hoje, segundo o IM, as regiões de Bragança, Coimbra, Évora, Faro, Funchal, Lisboa, Penhas Douradas, Sines, Viana do Castelo, Angra do Heroísmo e Ponta Delgada. LUSA

1 comentário:

Anónimo disse...

MVVC - Museu Virtual Viana do Castelo

www.mvvc.ipvc.pt

O primeiro guia turístico virtual de Viana do Castelo, construído sob um processo de investigação em Turismo, com especialização em Desenvolvimento.